Especial - John Green

Por meio desde post, venho apresentar-lhes as obras que já li e amo desse autor.


Sobre o autor: 
Com mais de 1 milhão de seguidores no Twitter, é autor best-seller do The New York Times, premiado com a Printz Medal e o Printz Honor da American Library Association e com o Edgar Award, além de ter sido duas vezes finalista do premio literário do LA Times. Com o irmao, Hank, mantém o canal do YouTube "Vlogbrothers", um dos projetos de vídeo on-line mais populares do mundo. Mora com a mulher e o filho em Indianápolis, Indiana.

Obras: 


CIDADES DE PAPEL
Sinopse
Quentin Jacobsen tem uma paixão platônica pela magnífica vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman. Até que em um cinco de maio que poderia ter sido outro dia qualquer, ela invade sua vida pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. 

Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola e então descobre que o paradeiro da sempre enigmática Margo é agora um mistério. No entanto, ele logo encontra pistas e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele achava que conhecia.

OPINIÃO: Apesar de maioria das críticas sobre Cidades de Papel serem ruins, eu amei! Não da forma como amei outra obra (a ultima a ser comentada neste post), mas de uma forma muito especial. Foi o terceiro livro que li do autor, e sim, em alguns momentos a narrativa foi cansativa. Contudo, os amigos do Q são os melhores, um em particular rouba a cena de tão engraçado. No geral, eu recomendo a obra. Leiam! 
Avaliação: 💗💗💗💗




O TEOREMA KATHERINE 
Sinopse: 
Se o assunto é relacionamento, o tipo de garota de Colin Singleton tem nome: Katherine. E em se tratando de Colin e Katherines, o desfecho é sempre o mesmo: ele leva o fora. Já aconteceu muito. Dezenove vezes, para ser exato. 
Depois do mais recente e traumático término, ele resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e um melhor amigo bem fora de forma no banco do carona, o ex-garoto prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar pés na bunda, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, através da linguagem universal da matemática, o desfecho de qualquer relacionamento antes mesmo que as duas pessoas se conheçam. 
Uma descoberta que vai mudar para sempre a história amorosa do mundo, vai vingar séculos de injusta vantagem entre Terminantes e Terminados e, enfim, elevará Colin Singleton diretamente ao distinto posto de gênio da humanidade. Também, é claro, vai ajudá-lo a reconquistar sua garota. Ou, pelo menos, é isso o que ele espera.

OPINIÃO: Infelizmente nesta obra eu vou ter que concordar com a maioria. Quase desisti, e quase desisti com vontade mesmo. Acredito sim que muitas pessoas tenham gostado, porém não me agradou. Porém, não vou detonar o livro, o melhor amigo do Colin foi, para mim, a salvação do livro. BADALHOCA! (haha). Achei o romance fraco e os personagens principais não me cativaram :(
Avaliação: 💗💗💗


QUEM É VOCÊ, ALASCA?
Sinopse:
Miles Halter tem fascinação pelas últimas palavras que grandes pessoas disseram antes de morrer. Vive de devorar biografias. Mas está cansado de ter só isso para livrá-lo do tédio que é a vida com os pais, na Flórida. Em busca do que o poeta François Rabelais chamou em suas últimas palavras de o “Grande Talvez”, Miles sai de casa para ingressar na Escola Culver Creek, um internato no Alabama. Muitas coisas o esperam lá; entre elas, Alasca Young. Inteligente, engraçada, louca e incrivelmente sexy, Alasca vai arrastar Miles para seu labirinto e catapultá-lo sem misericórdia na direção do Grande Talvez.


OPINIÃO: "Essa mina é louuuuca" (lê-se cantando Anitta haha) Gente, Alasca Young é a melhor personagem ever! Esse livro é sem dúvidas um dos meus favoritos da vida, não posso falar muito sem dar spoiler, mas cada palavra, cada citação, cada flash é maravilhoso. Além da forma como ele é dividido a partir de um ocorrido, os diálogos, as experiências e falta delas, EU AMO ESSE LIVRO!
Leiam!
Avaliação: 💗💗💗💗💗🌟




A CULPA É DAS ESTRELAS
Sinopse:
Hazel é uma paciente terminal. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.


OPINIÃO: Gente, quem em pleno 2016 (oi, 2017) nunca ouviu falar desse livro/filme? Nem digo já ter lido ou assistido, mas creio que muitos já devem ter visto algo sobre em algum lugar. Expresso aqui a MINHA OPINIÃO, aceito e respeito quem pensa diferente. A culpa é das estrelas não é só mais um clichê para mim. Esse livro marcou minha vida e agradeço por ter conhecido ele antes da febre que tornou-se. É uma obra tocante, que me mostrou que o amor não é só estar presente. O amor é puro. A culpa é das estrelas não é uma obra sobre câncer. É uma obra que nos mostra como o amor pode ser real em todas as suas formas. Leiam!
E a propósito, assistam ao filme também, umas das melhores adaptações que já vi.
Avaliação: (pode ser uns 10 💗?)

Ei lindos(as) agora quero saber a opinião de vocês.
Gostam do Green?
Tem um obra preferida?
Quero saber o pensam sobre, podem discordar, vamos lá!
Beijos e até o próximo post 😘📕.

 

Especial - John Green Especial - John Green Reviewed by Mariana Cordeiro on 18:05 Rating: 5

2 comentários:

  1. Gosto muito do autor! O meu favorito é o Quem é vc Alasca <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Clayci. Muito obrigada por seu comentário. Quem é você, Alasca é um dos meus favoritos também <3

      Excluir

Romário Bispo